Salmo 4

  1. Responde-me quando clamo, ó Deus que me faz justiça! Dá-me alívio da minha angústia; Tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.
  2. Até quando vocês, ó poderosos, ultrajarão a minha honra? Até quando estarão amando ilusões e buscando mentiras?
  3. Saibam que o Senhor escolheu o piedoso; o Senhor ouvirá quando eu o invocar.
  4. Quando vocês ficarem irados, não pequem; ao deitar-se reflitam nisso, e aquietem-se.
  5. Ofereçam sacrifícios como Deus exige e confiem no Senhor.
  6. Muitos perguntam: “Quem nos fará desfrutar o bem? ” Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós a luz do teu rosto!
  7. Encheste o meu coração de alegria, alegria maior do que a daqueles que têm fartura de trigo e de vinho.
  8. Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.

Vídeo para ouvir o Salmos 4

Estudo sobre a oração

No Salmo 4 Davi fala com o Senhor chamando-o de “Deus da minha justiça” e nele diz: “Na angústia, me tens aliviado; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração”. Sabendo que o contexto do salmo nos leva a Davi em um momento de tristeza, preocupação e angústia, há algumas verdades nesse texto que sempre me alentam.

O resultado da contemplação dessas verdades produz no salmista o mesmo que produz em mim: paz e segurança. Isso é revelado no v.8, quando Davi diz: “Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro”. A insônia do rei são curadas ao lembrar-se do tratamento que recebemos do nosso Pai celestial e do relacionamento que nutrimos com ele por meio do Senhor Jesus Cristo.

Este Salmo é destinado a todos que confiam em Deus e ensina algumas verdades profundas sobre a oração em tempos de crise. Serve para aliviar o coração das angústias da vida e vencer honestamente as causas judiciais. Ideal para rezar antes de deitar.

Resumo retirado da Wikipedia: A autoria do Salmo 4 é tradicionalmente atribuída ao rei Davi. Seu texto é um reflexo de Davi falando a todos os pecadores enquanto se dirigia a Absalão. A lição que o salmo pretende passar é que as vitórias dos pecadores são apenas temporárias e sem sentido, e que, somente o arrependimento pode trazer a verdadeira felicidade. Na oração o salmista faz um pedido a Deus para a libertação de erros e desgraças passadas.

<< Consultar todos os Salmos

Salmo 4
5 estrelas (100%) 2 votos neste Salmo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *